Terça-feira, 04 de Junho de 2013

 

 

 

 

 

 

Hoje, precisamente hoje, cada português começaria a produzir (ou seria pago) para si. Hoje cada português mandaria àquela parte autarcas, ministros, gente do "guichet" que lhe lixa o juízo com o poderzinho, director geral do serviço da treta-mais-treta ou o coordenador da Coordenação Região das Berlengas e Arredores. Hoje cada português começa a pagar para o seu valor, para dar de si e nada lhe ser devido. Será? Não, mas bem podia assim ser, caso as promessas dos tiranetes não fossem compreendidas por uma Sociedade Civil fraca como "borlas" e votos.



publicado por monge silésio às 16:20
 
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
29