Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2012

 Os pais estão dispostos a pagar mesada ou semanada? O "copo" do fim de semana? E recusam a investir no bem mais útil que podem oferecer a um filho: educação. "Com que legitimidade pais que se recusam a pagar a educação dos filhos podem reclamar que todos os contribuintes os substituam nesta tarefa?" (Maria J. Marques, no Insurgente)

 

 

Mas... os tipos mais fixes são os juristas.

Os nossos juristas são formados pela escola xualista, reinante em Lisboa e em Coimbra e exportada para Católica, Portucalense e Lusíada, sendo que estas descolam-se desses mitos há uma dezena de anos. Para eles há coisas feitas em granito, sem questão. Pagar é coisa sem importância, pois quem paga, não tem acção, não há litígio, paga...acabou o caso prático. Só que... só que ...se esquecem do valor ou desvalor introduzido por quem paga!



publicado por monge silésio às 19:46
 
Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20

23
24
25
26
27
28
29

30
31