Domingo, 07 de Outubro de 2012

 

 

1.Bandeira ao contrário: foi obviamente uma "gracinha" de alguém. Trata-se da última comemoração. Não há coincidências nestas ocasiões. Ainda há tempo para "gracinhas"...

 

2.O campeão do discurso mágico da fada-do-lar: o ministro espanhol Guindos na London Sghool of Economics. Guindos confirma assim a sua propensão par tomar desejos por realidades. Depois de Catalunha, Valência, Múrcia, Castela, já somam cerca de treze mil milhões...(virão a Andaluzia, Canárias...)

 

"You know that something is seriously wrong with your economy when you tell an audience of learned academics and students at an elite university that your country doesn’t need a bailout, and the room rings with the sound of laughter.“Spain doesn’t need a bailout at all,” de Guindos said, straight faced and somber, as mirth spread throughout the audience — even de Guindos’ assistant interpreter couldn’t mask a smile."...

 

 

3. Redução de deputados. Seguro ou não está atento ou faz os ouvintes de parvos. O acordo de coligação PSD-CDS é conhecido. Basta lê-lo. E, além de tudo, o que é que isso interessa? Todos sabemos que duas centenas de deputados sofrem de iliteracia pura e dura. Há muitos anos. Desde que os partidos institucionalizaram a política da "carreira partidária" (com Cavaco no PSD, com Guterres no PS) é um fortatote de autênticos "monos" que para ali vão. E isto é facilmente perceptível se atendermos ao grau de "aculturação" dos líderes parlamentares.



publicado por monge silésio às 17:48
 
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
27

29
30
31